logo_mental_mais_saude

A alimentação pode influenciar na saúde mental?

A alimentação pode influenciar na saúde mental?

a_alimentcao_pode_influenciar_na_saude_mental

Vários estudos comprovam a existência de uma relação entre alimentação e saúde mental e o que comemos pode fazer super diferença no bem-estar emocional. Uma alimentação balanceada traz diversos benefícios para a saúde e engana-se quem pensa que comer de maneira saudável influencia apenas na condição física.

A ausência de determinados nutrientes é capaz de aumentar o estresse e o cansaço mental e ainda de impactar no sono e no humor.

Adotar uma dieta saudável, incluindo por frutas, verduras, grãos integrais, peixes e carnes magras, laticínios e oleaginosas ajuda a garantir os nutrientes necessários para que o cérebro funcione de forma adequada.

Alimentos como estes ajudam a evitar danos aos neurônios, favorecem a memória e previnem o desenvolvimento de transtornos mentais como depressão, ansiedade e demência.

Em contrapartida, uma alimentação com muitos produtos industrializados e em ingredientes como açúcar, gordura saturada, sódio e conservantes pode causar ou piorar condições como depressão e ansiedade, além de prejudicar na fabricação dos neurotransmissores responsáveis por causar sensações de bem-estar e felicidade.

Os principais alimentos para o cérebro

Uma alimentação balanceada, com a quantidade adequada de vitaminas, minerais, aminoácidos e gorduras saudáveis pode melhorar as funções cerebrais e a memória, além de contribuir para o controle das emoções. Além disso, determinados nutrientes podem evitar o desenvolvimento ou reduzir os efeitos de alguns transtornos psíquicos.

Entre os principais elementos que fazem bem para o cérebro estão o ômega 3, o triptofano, o selênio e as vitaminas do complexo B.

Os principais alimentos para o cérebro
Os principais alimentos para o cérebro

Frutas

Frutas como abacate, banana, limão, mamão, melancia e tangerina são ricas em tripofano, um aminoácido essencial que influencia na produção de serotonina, popularmente conhecido como o hormônio da felicidade.

A laranja e a maçã, por sua vez, contêm ácido fólico, um nutriente que quando está em falta pode causar depressão.

Já o tomate conta com licopeno e fisetina, um nutriente que ajuda na diferenciação das células nervosas, auxiliando na função cognitiva. Essas duas substâncias têm ação antioxidante e anti-inflamatória que melhoram a memória e ajudam a prevenir doenças degenerativas como Alzheimer.

Alimentos ricos em fibras

Nosso intestino possui cerca de 500 milhões de neurônios e é considerado o segundo cérebro, 90% da serotonina descarregada no corpo é fabricada nesse órgão. Por isso, todo grupo de alimentos integrais é muito importante.

O consumo adequado de fibras na alimentação é fundamental para manter a saúde do intestino.

Os alimentos mais ricos em fibras são: farelo de trigo, linhaça, aveia, farinha de centeio, arroz integral, farinha de mandioca, couve, brócolis, caqui e cenoura

Folhas verde-escuras

Hortaliças com folhas verde-escuras, como brócolis, couve, espinafre e salsa, são ricas em ácido fólico, associado ao menor desenvolvimento de sintomas de depressão.

Oleaginosas

Amêndoas, castanhas e nozes são ricas em selênio, um antioxidante que ajuda a reduzir o estresse e contribui para amenizar os sintomas da depressão.

Outros alimentos importantes para a saúde mental

Chocolate amargo

Além de conter tripofano, o chocolate amargo é rico em flavonoides com ação antioxidante que ajudam a reduzir os danos nas células cerebrais, estimulam a memória e previnem doenças como Alzheimer e Parkinson. Para que traga esses efeitos, o chocolate deve ter pelo menos 70% de cacau em sua composição.

Ovos

Ovos são uma boa fonte de ácido fólico e vitaminas do complexo B, componentes essenciais para o bom funcionamento do cérebro, ajudando a prevenir a depressão e a perda de memória. Eles também contam com a colina, um nutriente envolvido na formação do neurotransmissor acetilcolina, responsável por regular o humor.

Peixes

Peixes como atum, sardinha e salmão são fontes de ômega 3, substância que melhora as respostas cerebrais e ajuda a evitar a depressão.

Probióticos

Alimentos fermentados como kimchi, chucrute, iogurte natural, kefir e kombucha contam com bactérias vivas que beneficiam a flora intestinal e facilitam a produção de hormônios e neurotransmissores, ajudando a controlar o estresse, a ansiedade e a depressão.

 Outros hábitos que beneficiam a saúde mental

Outros hábitos que beneficiam a saúde mental

 

Muito embora a alimentação tenha uma enorme importância para a saúde mental, ela não deve substituir o tratamento psicológico. A depressão, por exemplo, é uma doença que possui inúmeras causas e por mais que alguns alimentos possam desencadear o problema e ao mesmo tempo, uma alimentação equilibrada ajuda a tratá-la, ela necessita de acompanhamento médico.

Além de comer de forma saudável e buscar ajuda médica, outros hábitos beneficiam a saúde mental. Dormir bem, praticar exercícios físicos, beber bastante água e fazer aquilo que gosta são atitudes que previnem doenças físicas e mentais e ainda auxiliam no tratamento de quem sofre com transtornos emocionais.

Portanto, fica claramente percebido que há uma influência mega importante da dieta em relação à preservação e o cuidado com a saúde mental. Ademais, a prevenção e/ou controle dos sintomas depressivos por meio da alimentação adequada proporcionaria a mitigação do ônus econômico e social associado à saúde mental, efetivamente refletindo na preservação do bem-estar e qualidade de vida da população.

Por isso, é essencial identificar um padrão alimentar saudável, observando quais compostos presentes nos alimentos, podem exercer um papel protetor da saúde mental, a fim de reduzir a incidência desses transtornos na população.

Aqui na Mental Mais Saúde você conta com o Programa de Emagrecimento Inteligente, orientado pela nossa nutricionista Rayane Custódio, e pelos nossos psicólogos, hipnoterapeutas e médico ortomolecular, para trazer o equilíbrio nutricional que seu corpo precisa e ainda cuidar bem da sua saúde mental durante todo o seu processo de emagrecimento e nutrição.

Agende sua consulta

Agora que você já sabe conhece os principais alimentos que beneficiam sua saúde mental, agende uma consulta com a nossa nutricionista através do telefone/WhatsApp 11 93953.7722. Ou clique no botão de WhatsApp no nosso site.  

 Clica no vídeo abaixo e vem conferir a fala da nossa nutricionista no quadro “O Especialista Responde”, tirando algumas dúvidas sobre Nutrição e Comportamento Alimentar, no canal da Mental Mais Saúde no Youtube. 

nutricao_saude_mental_
Gostou desse conteúdo? Envie para um amigo pra ajudá-lo a evoluir
Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Pinterest
Email
Telegram

Você também pode se interessar por...

sindrome_burnout_artigo_mental_mais_saude
Psicoterapia

Síndrome de Burnout

Você sabe o que é ? A síndrome de burnout é um distúrbio psíquico causado pela exaustão extrema, sempre relacionada ao trabalho de um indivíduo.Essa

Ler mais
mental_mais_saude_artigo_hipnoterapia_o_que_e
Hipnoterapia

Hipnoterapia: o que é?

A hipnoterapia, também chamada de hipnose clínica, consiste na aplicação de técnicas hipnóticas como ferramentas terapêuticas. Dessa forma, a hipnoterapia é utilizada como auxílio para

Ler mais
[ameliabooking trigger=amelia-custom-id]